WhatsApp
(11) 987-135-444

20 de julho de 2014

Corinthians começa epopeia baiana contra o Vitória pelo Brasileirão

por Sylvio Micelli

Pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014, o Sport Club Corinthians Paulista vai a Salvador enfrentar o Vitória no Barradão. O Timão dará início a uma série de jogos contra baianos pelo campeonato nacional, além da terceira fase da Copa do Brasil que será disputada contra o Bahia. Em situações opostas na competição, o Corinthians é vice-líder e vai no encalço do Cruzeiro, enquanto o Vitória luta para sair da zona do rebaixamento.

Na rodada do meio de semana, o Corinthians venceu o Inter (RS), na Arena Corinthians (2-1), enquanto o Vitória foi derrotado pelo Cruzeiro em Belo Horizonte (3-1).


A história

Em 56 anos são 37 jogos com ampla vantagem corinthiana que venceu 20 jogos, empatou 11 e perdeu apenas seis. O Timão marcou 68 gols e sofreu 37.

A primeira partida aconteceu numa excursão no início de 1958. Jogando na Fonte Nova, em Salvador, no dia 29 de janeiro, o jogo terminou empatado em 2 a 2. Os gols alvinegros foram marcados por Índio e Zague.

O mais recente confronto entre as equipes pelo Campeonato Brasileiro do ano passado, teve novo empate. Jogando no estádio de logo mais, Vitória e Corinthians ficaram no 1 a 1 em partida válida pela 32ª rodada do Campeonato, no dia 3 de novembro de 2013. Os gols só saíram no segundo tempo. O volante Guilherme fez 1 a 0 para o Corinthians aos sete minutos e aos 15, Dinei empatou a partida. Treinado por Tite, o Timão empatou com Walter; Edenílson, Paulo André, Gil e Alessandro; Ralf e Guilherme; Romarinho (Alexandre Pato), Douglas (Diego Macedo) e Emerson; Renato Augusto (Danilo).

A equipe baiana jogou com Wilson; Ayrton, Renato Santos, Luiz Gustavo e Juan (Tarracha); Marcelo (Euller) e Cáceres; Marquinhos, Renato Cajá (William Henrique) e Escudero; Dinei. Era treinada por Ney Franco.


Corinthians e Vitória jamais disputaram títulos. Algo mais próximo disso ocorreu em 1993. Num quadrangular final, o Corinthians foi derrotado na Bahia por 2 a 1 e o time baiano fez a final do campeonato daquele ano diante do Palmeiras. O Corinthians perdeu jogando com Ronaldo; Luís Carlos Winck, Baré, Leandro Silva e Elias (Tupãzinho); Zé Elias, Ezequiel, Embu e Válber; Viola e Rivaldo. O time era treinado por Mário Sérgio Pontes de Paiva.

O forte time do Vitória era treinado por Fito Neves e jogou com Dida; Rodrigo, João Marcelo, China (Edson Santos) e Renato; Gil Sergipano, Roberto Cavalo e Paulo Isidoro (Giuliano Pariz); Alex Alves, Claudinho e Pichetti. A defesa sólida era de um jovem Dida que depois transformou-se num dos mais importes goleiros do mundo, sendo campeão mundial com o próprio Corinthians (2000) e depois com a seleção brasileira (2002). Os gols da partida foram marcados por Claudinho e Alex Alves. Tupãzinho, no final, descontou para o time da Fiel.


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)