WhatsApp
(11) 987-135-444

5 de março de 2014

Brasil 5, África do Sul 0. Porque o óbvio, quase sempre, é ululante

Oscar abriu o placar contra os sulafricanos - Foto: CBF
por Sylvio Micelli

O último amistoso da Seleção Brasileira antes da convocação final para a Copa do Mundo não poderia ter melhor desfecho. Sem problemas, e em ritmo de treino, o Brasil fez 5 a 0, como poderia ter feito mais ou menos. A questão nem é essa.

Seja como for, gostemos ou não, o time é praticamente esse e está entrosado. Claro que o adversário é fraco, a diferença técnica entre as equipes é monstruosa e Neymar vive dias iluminados, a exemplo de jogadores que, em tese, devem ser seus maiores concorrentes na Copa, como Cristiano Ronaldo e Leonel Messi.

A grande novidade do jogo de hoje foi Fernandinho, que soube aproveitar bem a oportunidade dada por Luiz Felipe Scolari, marcando um belo gol.



O jogo

A partida em si, não significa para muita coisa. O Brasil abriu o placar com menos de 10 minutos, por meio de Oscar. Neymar fez 2 a 0 com um chute fora da área, aos 40 minutos e no início do segundo tempo ampliou para 3 a 0 com um gol de cobertura. Fernandinho arriscou um belo chute de fora da área aos 33 e Neymar passou a régua aos 45, numa jogada bem articulada com Jô.

Fred está longe de seus melhores dias, mas está na cota de Felipão. Julio Cesar foi pouco exigido e quando foi necessário mostrou reflexo.

Enfim, é isso. Para o bem ou para o mal...


Mais duas coisas

1. Respeito Galvão Bueno, em que pese o sarro que o povo tira dele. Mas ele perdeu a narração do primeiro gol. Isso é imperdoável. A Globo já mandou gente embora por muito menos. Ele precisa se aposentar.

2. A Seleção Brasileira jogou meio tempo de amarelo e meio tempo de azul. Prefiro azul.


FICHA TÉCNICA 

ÁFRICA DO SUL 0 X 5 BRASIL

Local: Soccer City, em Joanesburgo, na África do Sul
Data: 05 de março de 2014, quarta-feira
Árbitro: António Caxala
Assistentes: Jerson Emiliano e Júlio Lemos

Gols: Brasil: Oscar, aos nove minutos do primeiro tempo; Neymar, aos 40 minutos do primeiro tempo, ao um minuto do segundo tempo e aos 45 minutos do segundo tempo; e Fernandinho, aos 33 minutos do segundo tempo 

Cartões Amarelos: Ramires

ÁFRICA DO SUL: Williams; Nthete, Ngcongna, Khumalo (Xulu) e Matiaba; Furman, Jali (Zungu), Claaasen (Ndlovu) e Serero; Parker (Patosi) e Rantie (Manyisa).
Técnico: Gordon Igesund

BRASIL: Júlio Cesar; Rafinha, Thiago Silva, David Luiz (Dante) e Marcelo (Daniel Alves); Fernandinho, Paulinho (Luiz Gustavo) e Oscar (Willian); Hulk (Ramires), Neymar e Fred (Jô).
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Ficha Técnica by Portal Terra


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)