WhatsApp
(11) 987-135-444

7 de novembro de 2013

Entidades discutirão Central de Servidores Públicos na próxima semana

Reprodução

por Sylvio Micelli / FESPESP - CNSP

A Federação das Entidades de Servidores Públicos do Estado de São Paulo (Fespesp), em conjunto com a Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP), vão realizar um ato público com a finalidade de discutir a criação de uma Central dos Servidores Públicos. O evento acontece na próxima segunda, dia 11 de novembro, às 10 horas no Plenário Paulo Kobayashi da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e deverá contar com a presença da confederação associativa, federações, associações, sindicatos, parlamentares e apoiadores.

Segundo José Gozze, que preside a Fespesp e a Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (Assetj) a ideia é congregar as representações do funcionalismo, numa única Central e que seja específica para servidores públicos. "Nós sabemos que há muitas centrais já em atividade, mas a especificidade do Serviço Público nos move na busca de um grupo nosso, coeso. Isso porque há muitas diferenças entre os trabalhadores da iniciativa privada e do funcionalismo", argumenta.

Gozze também aponta para a questão política da Central que se pretende formar. "Temos que fazer política, sem dúvida, mas suprapartidária. Infelizmente, as centrais que existem acabaram por se vincular a determinados partidos políticos e isso enfraquece a luta em prol do funcionalismo e, por consequência, da boa qualidade da prestação dos serviços públicos", acredita. "Como que uma central vinculada ao partido X pode criticar o governante do partido X se eles estão unidos", questiona e completa. "Queremos uma Central sem vínculos, independente, que ele possa conversar com o governante A ou B e que também possa criticar o governante A ou B", aponta.

Antonio Tuccilio, presidente da CNSP também apoia a causa e faz lembranças históricas sobre uma Central de Servidores. "A ideia não é exatamente nova, mas acredito que já passamos da hora de constituir um grupo que represente, efetivamente, o funcionalismo. O que temos visto nos últimos anos é a perda de uma série de direitos dos servidores e a luta fica enfraquecida quando grande sindicatos vinculados às centrais já existentes ficam impedidos de trabalhar, porque estão todos vinculados", critica. "Nosso propósito [da CNSP e da Fespesp) é agregar federações, associações e sindicatos de todo o país e que o foco seja, efetivamente, a defesa do funcionalismo e não de outros interesses", orienta.

Além de várias entidades de São Paulo, confirmaram presença representantes do Rio Grande do Sul e de Goiás.

Mais informações e adesões podem ser feitas pelo site http://www.centraldoservidorpublico.com.br/ ou pelo e-mail csp@centraldoservidorpublico.com.br.


Histórico

Um dos primeiros movimentos para criar uma central que reunisse servidores públicos aconteceu em meados nos anos 90, à época de um conjunto denominado Comissão das Entidades Representativas de Servidores Públicos do Estado de São Paulo, quando as discussões sobre as reformas administrativa e previdenciária do Governo FHC, apontaram a necessidade de formar um grupo que unisse confederações, federações, associações e sindicatos de servidores sob uma central única.

Há 10 anos, também sob a influência das discussões da reforma previdenciária do Governo Lula, a criação de uma Central chegou a tomar corpo com a criação, inclusive, de uma logomarca à época. A proposta envolvia entidades estaduais e municipais, além das federais, muitas vinculadas às carreiras do Fisco. A aprovação da reforma, porém, sob a Emenda Constitucional nº 41, aliado a alguns problemas de relacionamento entre entidades, enfraqueceu aquele trabalho que acabou por ser abandonado.

Agora, em 2013, as discussões voltaram à pauta por meio do XII Seminário da Fespesp "Resgate de Direitos", realizado em julho passado. No mesmo mês, o assunto foi tratado durante um encontro conjunto promovido pela Federação Nacional dos Servidores do Poder Judiciário dos Estados e Distrito Federal (Fenasj) e a Associação Nacional dos Servidores do Judiciário (ANSJ). Em outubro, o seminário "Servidor Público na Participação por um Brasil mais Justo" promovido pela CNSP, também deu destaque ao tema.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)