WhatsApp
(11) 987-135-444

16 de novembro de 2013

A fase de repescagem para a Copa do Mundo do Brasil

por Sylvio Micelli

Com este texto começo a escrever sobre a Copa do Mundo do Brasil, que terá início em 12 de junho do ano que vem. Como um dos 190 milhões de treinadores brasileiros e bilhões pelo mundo, também vou proferir uma série de bobagens que contará com o apoio de alguns e as críticas de muitos. E segue o jogo, como diz Milton Leite.

Na verdade já venho escrevendo algumas coisas sobre a Copa, mas mais sobre as questões polêmicas que envolveram a construção da Arena Corinthians.

Vamos então à repescagem com suas definições importantes que começaram na última quarta e se encerram na próxima.


JORDÂNIA 0 X 5 URUGUAI

Em Amman, na Jordânia, o resultado é auto-explicável. O futebol sulamericano é infinitamente superior ao asiático. Claro que zebras podem acontecer e é muito legal ver um confronto assim, até para o bem do planeta-bola, mas o Uruguai poderá ultrapassar a fronteira, sem problemas. Exceto se acontecer uma catástrofe. E o time foi "socialista" na goleada, com um gol de cada um. Marcaram Maxi Pereira, Cristian Rodríguez, Lodeiro, Stuani e Cavani.

MÉXICO 5 X 1 NOVA ZELÂNDIA

A exemplo do Uruguai, o México também colocou sua tradição em campo. A diferença é que fez a primeira partida no Estádio Azteca e tomou um golzinho. Isso significa que os neozelandeses, na próxima quarta em Wellington, precisam ganhar por 4 a 0 ou cinco gols de diferença se tomarem um gol. Ou seja, salvo que ocorra uma hecatombe, veremos sombreros pelo Brasil, ano que vem. O atacante Peralta fez dois gols e foi o destaque da partida. Aguilar, Rafa Márquez e Jiménez completaram os gols mexicanos. James fez o gol de honra da equipe da Oceania.

ISLÂNDIA 0 X 0 CROÁCIA

Em Reykjavik, a equipe da casa teve imensas dificuldades de segurar o empate contra os croatas, até porque jogou boa parte do segundo tempo com dez jogadores, após a expulsão de Skúlason. O 0 a 0 não chega a ser um resultado ruim porque a Islândia se classificará, por exemplo, com um empate com gols. Mas em Zagreb, a tendência é que a Croácia vença e venha para o Brasil. A Islândia, porém, mantém vivo o sonho de disputar sua primeira Copa do Mundo, nem que seja para arder no calor tropical.

GRÉCIA 3 X 1 ROMÊNIA

Em Atenas, os gregos fizeram a lição de casa e bateram a Romênia. O destaque da partida foi Konstantinos Mitroglou, que marcou dois gols para a seleção helênica. Salpingidis também marcou para os gregos e Stancu completou uma cobrança de falta para fazer o gol romeno. Os times voltam a se encontrar em Bucareste e os gregos podem perder por um gol de diferença. Resultado de 2 a 0 é o que precisa a Romênia.

UCRÂNIA 2 X 0 FRANÇA

A grande zebra desta rodada foi a derrota da França em Kiev. Ao vencer por 2 a 0, os ucranianos podem até ser derrotados por um gol de diferença para carimbar o passaporte para o Brasil. O jogo, tenso, contou com grande participação dos atacantes Zozulya e Yarmolenko. Pelo lado francês, as estrelas Benzema e Ribéry deixaram a desejar. Os minutos finais foram marcados pelo nervosismo com expulsões de ambos os lados. A França terá de vencer a forte marcação e os nervos, se quiser vir para o Brasil.

PORTUGAL 1 X 0 SUÉCIA

No duelo mais esperado da rodada, entre os platinados Cristiano Ronaldo e Ibrahimović, o português levou a melhor. O jogo, em si, não empolgou. Realmente são equipes limitadas com um gênio de cada lado. Ronaldo foi mortal numa rara falha do time sueco ao marcar, de peixinho, após cruzamento de Miguel Veloso. Cristiano poderia ter ampliado a vantagem portuguesa, ao mandar uma cabeçada cuja bola explodiu no travessão, logo depois. Em Solna, na terça, os portugueses precisam de um empate para vir ao Brasil.


Visite-me também no Facebook!


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)