WhatsApp
(11) 987-135-444

8 de setembro de 2013

Fespesp entrevista deputado Arnaldo Faria de Sá sobre PEC 555 e "mensalão"

Arnaldo Faria de Sá e José Gozze durante gravação para a TV
Foto: Sylvio Micelli (Fespesp)

por Sylvio Micelli / FESPESP

O programa "Cidadania & Serviço Público" da Federação das Entidades de Servidores Públicos do Estado de São Paulo (Fespesp) apresenta, neste domingo 8 de setembro, uma entrevista com o deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP). O parlamentar, relator vencedor da Proposta de Emenda Constitucional nº 555/2006, que isenta os servidores aposentados da contribuição previdenciária de 11%, instituída pela Reforma da Previdência do primeiro governo Lula (Emenda Constitucional nº 41/2003), tem mobilizado o Congresso Nacional para a aprovação da PEC.

Numa conversa com o presidente da Fespesp, José Gozze, o parlamentar convocou a todos os servidores e entidades para que participem do evento promovido pelo Instituto Mosap (Movimento dos Servidores Aposentados e Pensionistas) na próxima terça, em Brasília. Neste dia 10 de setembro, no Auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados, acontece um Encontro de Servidores Aposentados, Ativos e Pensionistas com o intuito de pressionar os deputados para que aprovem a PEC 555. É o segundo do ano (o primeiro foi em 20 de março) e se aprovada, a PEC isentará o servidor aposentado de contribuir com a previdência.

Faria de Sá voltou a fazer duras críticas à Emenda Constitucional nº 41 e afirmou que trabalhará para que ela seja anulada. "A ministra Carmen Lúcia diz textualmente que a Reforma da Previdência foi aprovada com o pagamento irregular a parlamentares. Assim, vamos lutar pela anulação da Emenda 41. Enquanto isso não ocorre, temos que pressionar os deputados pela aprovação da PEC 555", opina.

O deputado também falou sobre o caso do parlamentar Natan Donadon, que teve o mandado preservado, mesmo estando preso por desvio de verba. Faria de Sá vê relação entre a manutenção do mandato de Donadon e o "mensalão", entre outros casos na Câmara. "Eles votaram para se preservar de problemas futuros e quem perde é o País e a Câmara", concluiu.

A Fespesp, procurando oferecer mais recursos às entidades filiadas, apresenta semanalmente um programa de TV. O "Cidadania & Serviço Público" vai ao ar todos os domingos às 9 da noite, pela TV Aberta (ex-Canal Comunitário de São Paulo). Está no ar, ininterruptamente, desde 10 de janeiro de 1999, há 14 anos portanto, sempre discutindo todos os assuntos que interessam à defesa do Cidadão e do Servidor Público. Traz à tona importantes temas de cidadania, sempre na luta pela boa prestação dos serviços públicos. O acesso é feito pelos canais 9 (Net) e 72 / 186 (Vivo TV). É produzido pelo jornalista Sylvio Micelli, diretor de Imprensa da Fespesp, que também apresenta o noticiário. O programa tem a direção geral e a apresentação de José Gozze, presidente da Fespesp.

O programa pode também ser assistido, em tempo real, no site da TV Aberta no link http://www.tvaberta.tv.br/pages/webtv.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)