WhatsApp
(11) 987-135-444

31 de julho de 2013

TJ-SP: nada além que 1%

por Sylvio Micelli / ASSETJ

Contrariando expectativas mais otimistas, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo informou pela intranet nessa terça (30), que pagará 1% da diferença retroativa ao mês de março, quando os servidores receberam 6,5% de reposição salarial relativa ao INPC apurado entre 1º de março de 2012 e 28 de fevereiro de 2013. O TJ-SP ficou em débito com 0,27% (o INPC apurado à época foi 6,77%) e agora faz um "arredondamento" de apenas 0,73%.

Somados, os índices atingem 7,5%, percentual inferior aos 8% que foram pagos no ano passado pela atual administração e que muitos imaginavam que se repetiria neste ano.

O comunicado também informa que serão pagos os atrasados com relação à progressão / promoção no período de julho de 2012 a junho de 2013 e que foi determinado, também pela presidência, o aumento do valor mensal destinado ao pagamento de indenizações (férias e licença-prêmio) a servidores ativos e aposentados.

Com a concessão deste 0,73% a mais, os Servidores do Judiciário ainda possuem perdas salariais de 9,82% (referente ao INPC de março de 2013). Em valores atualizados até o INPC de junho de 2013, as perdas acumuladas são superiores a 12%.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)