WhatsApp
(11) 987-135-444

14 de julho de 2013

Secretário do Planejamento se reúne com CCM Iamspe e representantes de servidores da Casa

Audiência com o Secretário de Planejamento, Julio Semeghini - 10/07/2013
Clique no álbum e veja mais fotos deste evento
Fotos: Vivian Avellar (Assessoria do deputado estadual Marcos Martins)

Na última quarta (10) no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, o secretário de Planejamento Julio Semeghini recebeu entidades do funcionalismo para discutir questões que envolvem o Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe). A Comissão Consultiva Mista do Iamspe, Plenária de Entidades que milita em prol do Instituto foi convidada pela assessoria do deputado estadual Marcos Martins, que preside a Frente Parlamentar em Defesa do Iamspe. Pela CCM estiveram presentes, seu presidente estadual Sylvio Micelli (vice-presidente e diretor de Comunicação da Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Assetj) e José Luiz Moreno Prado Leite (Comissão Municipal de Tremembé e diretor do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Apeoesp).

Participaram da audiência o deputado estadual Marcos Martins e assessores, o representante do deputado estadual Marco Aurélio; Regina Bueno, que presidente a Associação de Funcionários do Iamspe (Afiamspe); Otelo Chino Júnior, presidente da Associação dos Médicos do Iamspe (Amiamspe); o superintendente do Iamspe, Latif Abrão Júnior e Pedro Pereira Benvenuto, secretário executivo do Conselho Gestor de Parcerias Público-Privadas do estado de São Paulo.

Julio Semeghini falou que a reunião servia ainda para tratar do tema parcerias público-privadas apesar de, segundo ele, não haver mais nenhuma proposta neste sentido que envolva o Iamspe. Pedro Benvenuto, que cuida do tema, expôs sua opinião sobre a questão acreditando que a proposta tenha sido mal avaliada pelos representantes do funcionalismo.

O presidente estadual da CCM Iamspe, Sylvio Micelli, reafirmou que não apenas a CCM, mas todo o funcionalismo é contra a parceria público-privada, não apenas com o Instituto, mas no geral. "O estado tem competência para gerir o Iamspe e suas autarquias. Não precisa buscar na iniciativa privada tais serviços que, como sabemos, no geral são ruins".

Micelli também reiterou que o governo precisa ampliar a contribuição para a saúde do funcionalismo e relembrou de uma reunião que a CCM teve com Semeghini, dois anos atrás, quando este ocupava o cargo de secretário de Gestão Pública. "De lá para cá, poucas coisas se alteraram. É importante ter uma gestão eficiente, transparência nos contratos e tudo mais, mas sem dinheiro as questões não se resolvem. Para ampliar o atendimento, descentralizar, melhorar tabelas de pagamento e tudo mais, precisa recursos. E eu questiono: será que o estado mais rico da Nação, não pode contribuir com 500 milhões? Este assunto precisa ser resolvido e isso quem disse foi o deputado Mauro Bragato [que é do PSDB e presidente a Comissão de Finanças e Orçamento da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo]", analisou.

Por fim, o presidente da CCM cobrou a necessidade "urgente e inadiável" da aprovação de um Conselho de Administração para o Iamspe, que contemple a participação dos Servidores que são os "principais contribuintes históricos" do Instituto.

A CCM Iamspe protolocou um ofício junto ao secretário, cuja íntegra está abaixo.

Informou a CCM Iamspe

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)