WhatsApp
(11) 987-135-444

15 de junho de 2013

Sem dificuldades, Brasil faz três na estreia contra o Japão


por Sylvio Micelli

Neste sábado, em Brasília, no estádio Mané Garrincha, o Brasil estreou na Copa das Confederações. Venceu o Japão por 3 a 0, gols de Neymar, Paulinho e Jô. O resultado demonstra, claramente, a diferença entre as equipes e a seleção brasileira teve pouca dificuldade ao longo da partida.

Antes da partida sobraram vaias para a presidente do Brasil, Dilma Rousseff e para o presidente da Fifa, Joseph Blatter o que, particularmente lamento. O fato de não gostar de um político, não significa que não vou respeitá-lo. Vaiar o presidente de qualquer coisa é, em última análise, desrespeito a quem o elegeu.

Voltando ao jogo, o Japão veio armado para jogar atrás e tentar explorar os contra-ataques de seus jogadores velozes. Mas tudo caiu por terra logo a dois minutos. Numa jogada na entrada da área, Fred recebeu um cruzamento, dominou a bola e serviu a Neymar que, com categoria, fez 1 a 0.

Apesar do gol relâmpago, o primeiro tempo foi monótono, exceção feita a duas jogadas com Fred e Neymar, bem defendidas pelo goleiro japonês. O time asiático pouco ameaçou e quando chegou foi por meio de chutes de longa distância.

Paulinho (à esq.) fez o segundo gol e
comemora com Marcelo e Luiz Gustavo
Foto: Rafael Ribeiro (CBF)
Se tivemos gol rápido na primeira etapa, o mesmo aconteceu no início do segundo tempo. Também a dois minutos Paulinho dominou um cruzamento de Daniel Alves e chutou para fazer 2 a 0.

Logo em seguida o Japão teve a melhor chance do jogo com Okazaki.

O segundo tempo, a exemplo do primeiro, também foi modorrento. O Brasil dominou a partida e o Japão não teve forças para tentar nada.

No final da partida, já com a vitória definida, o Brasil ampliou. Oscar fez boa jogada pela esquerda e tocou para Jô, que só teve o trabalho de empurrar para o gol.

Fim de papo, 3 a 0 Brasil. O resultado foi maior do que o jogo foi de fato.

O Brasil volta a campo na quarta, dia 19, às 4 da tarde no Castelão, em Fortaleza. O adversário será o México.


FICHA TÉCNICA

BRASIL 3 X 0 JAPÃO
Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data: 15 de junho de 2013, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Pedro Proença (Portugal)
Assistentes: Bertino Miranda e José Trigo (ambos de Portugal)
Público: 67.427 pagantes
Cartões amarelos: Hasebe (JAPÃO)

Gols:
BRASIL: Neymar, aos dois minutos do primeiro tempo, Paulinho, aos dois, e Jô, aos 48 minutos do segundo tempo

BRASIL: Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar; Hulk (Hernanes), Fred (Jô) e Neymar (Lucas)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

JAPÃO: Kawashima; Uchida, Yoshida, Konno e Nagatomo; Hasebe, Endo (Hosogai), Kiyotake (Maeda) e Honda (Inui); Kagawa e Okazaki
Técnico: Alberto Zaccheroni

Ficha Técnica by Gazeta Esportiva.Net

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)