WhatsApp
(11) 987-135-444

3 de maio de 2013

Algumas considerações sobre a reabertura do Maracanã

Estádio do Maracanã - Divulgação
por Sylvio Micelli

Como diria o lendário locutor Januário Oliveira, "taí o que você queria". Aliás, taí o que você não queria. É... você... Você que é contra a realização de grandes eventos no Brasil; você que fica agindo no modo "politicamente correto" dizendo que o Brasil não precisa da Copa e das Olimpíadas, mas precisa de estradas, escolas, creches... Sendo que o Brasil precisa de tudo isso, há 500 anos, mas pouca (ou nenhuma) fiscalização é feita por você, que como disse o grande mestre Emir Sader, hoje pela manhã em seu Twitter, faz parte do grupo do "complexo de vira-lata", a eterna expressão do maior dos mestres, Nelson Rodrigues, que também já apontava, mais de meio-século atrás, que "o brasileiro é um narciso às avessas, que cospe na própria imagem".

Como Chico Buarque também já imortalizou que "apesar de você, amanhã há de ser outro dia", o estádio Mário Filho está oficialmente reaberto. Atrasado, eu sei, faltando uma ou outra coisa, mas as noivas também se atrasam no casamento e todo mundo acha que é chique. E as tias dizem que dá sorte.

O maior palco futebolístico do mundo, que tive o prazer de ver jogos e shows de rock, que viu Obdúlio Varella calar mais de 200 mil torcedores em 1950, que viu Pelé marcar seu milésimo gol em 1969 e que viu o Corinthians ser o primeiro campeão do mundo pela Fifa em 2000, está pronto para a Copa das Confederações, para a Copa do Mundo e para mais algumas décadas de Fla X Flu, que o mesmo Nelson Rodrigues já definiu que o clássico "começou 40 minutos antes do nada".

Os saudosistas dirão que está menor, pois adequado às regras da Fifa e de segurança, já não receberá mais de 100 mil pessoas e o tamanho do gramado também foi reduzido. Também dirão e disseram que a rede não é mais aquela que faz chuá e que acolhe a bola em suas entranhas, como a mãe que acaricia seu filho.

Mas tudo isso, pouco importa. O templo sagrado do futebol, e desculpe-me Wembley, está reaberto. E faremos uma baita Copa do Mundo, apesar da turma do contra, do fogo amigo, daqueles que acham que a grama do vizinho é mais verde que a nossa. Se a seleção será campeã, trata-se de uma outra história. Acho que seria com Mano Menezes e acho que não será com Felipão, um ex-técnico em atividade. Mas que o evento será grandioso, trará grana e repercussão mundial ao Brasil, disso não tenho dúvidas e haverá os mesmos acertos e erros de qualquer país que realiza vários eventos dessa magnitude.

**********************

Sobre o jogo de reabertura entre os Amigos do Ronaldo e Amigos do Bebeto, com vitória daqueles por 8 a 5, alguns pontos devem ser observados:

1. Por questões certamente políticas, infelizmente, estivemos privados de ver em campo, ainda que por alguns minutos, os maiores goleadores do Maracanã, que são Zico e Roberto Dinamite;

2. Romário foi outro ausente. Mas o atual parlamentar engrossa o coro dos vira-latas como a querer garantir futuras reeleições. Critica a tudo e a todos. Mas se esqueceu do avião da muamba de 1994, do qual foi o maior protagonista. E também se esqueceu que foi o principal beneficiado no Vasco, nos anos da ditadura de Eurico Miranda. Mas agora virou "santo", até porque o brasileiro é carente de memória;

3. Ver Júnior foi fantástico. Um dos maiores laterais esquerdos do mundo provou que, com quase 60 anos, o dom é inabalável. O mesmo se aplica a Renato Gaúcho;

4. Djalminha, Edilson e até o Roger "chinelinho", se treinarem, jogam em qualquer time da primeira divisão do futebol brasileiro;

5. Foi muito bom ver Mário Jorge Lobo Zagallo de volta ao Maracanã. E nem entro na discussão dos que dizem isso ou aquilo sobre ele e que há técnicos melhores. Sim, há. Mas Zagallo tem quatro copas do mundo. Ninguém tem. E ponto final.

6. Muito legal e histórico ver Washington "Coração Valente", marcando o primeiro gol do "novo" Maracanã. Deus, sempre sabe o que faz, com os seus desígnios misteriosos...

**********************

Viva o Maraca! Viva o futebol!

6 comentários:

  1. Gladis Ybarra3/5/13 6:59 AM

    Lindo Silvio .Obrigada po tão belo texto. Boa noite. Bom domingo. Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Sinesio Carriel Dos Santos Filho3/5/13 6:59 AM

    Belo texto, Sylvio! Que assim seja...

    ResponderExcluir
  3. Enizal Vieira3/5/13 7:00 AM

    "Narciso às avessas". brilhante frase.

    ResponderExcluir
  4. Keila Pitta Stefanelli3/5/13 7:00 AM

    Um belo apanhado sobre o novo Maracanã e seus personagens...

    ResponderExcluir
  5. Júlio Pereira3/5/13 7:01 AM

    ...caso 80% desta população que idolatra FUTEBOL...que vive futebol 100% em suas vidas...caso estas pessoas saíssem Brasil afora...ver de perto as realidades vividas ou sobrevividas...estas pessoas teriam a opinião dos "complexados de vira lata"...Nelson Rodrigues escreveu isto após o Brasil ter perdido a Copa de 50...então...outros tempos...outras realidades...total e diferentemente das que vivemos hoje...Brasil pode e deve crescer...porém...longe das ações que cercam estes eventos para meia dúzia...Educação/Saúde/Segurança/Habitação em troca desta FESTA...deste CIRCO onde o palhaço é voce...somos nós!...abraços Sylvião!...de um vira lata consciente...que não fica de braços cruzados... Ouro de Tolo
    Raul Seixas
    Eu devia estar contente
    Porque eu tenho um emprego
    Sou um dito cidadão respeitável
    E ganho quatro mil cruzeiros
    Por mês...

    Eu devia agradecer ao Senhor
    Por ter tido sucesso
    Na vida como artista
    Eu devia estar feliz
    Porque consegui comprar
    Um Corcel 73...

    Eu devia estar alegre
    E satisfeito
    Por morar em Ipanema
    Depois de ter passado
    Fome por dois anos
    Aqui na Cidade Maravilhosa...

    Ah!
    Eu devia estar sorrindo
    E orgulhoso
    Por ter finalmente vencido na vida
    Mas eu acho isso uma grande piada
    E um tanto quanto perigosa...

    Eu devia estar contente
    Por ter conseguido
    Tudo o que eu quis
    Mas confesso abestalhado
    Que eu estou decepcionado...

    Porque foi tão fácil conseguir
    E agora eu me pergunto "e daí?"
    Eu tenho uma porção
    De coisas grandes prá conquistar
    E eu não posso ficar aí parado...

    Eu devia estar feliz pelo Senhor
    Ter me concedido o domingo
    Prá ir com a família
    No Jardim Zoológico
    Dar pipoca aos macacos...

    Ah!
    Mas que sujeito chato sou eu
    Que não acha nada engraçado
    Macaco, praia, carro
    Jornal, tobogã
    Eu acho tudo isso um saco...

    É você olhar no espelho
    Se sentir
    Um grandessíssimo idiota
    Saber que é humano
    Ridículo, limitado
    Que só usa dez por cento
    De sua cabeça animal...

    E você ainda acredita
    Que é um doutor
    Padre ou policial
    Que está contribuindo
    Com sua parte
    Para o nosso belo
    Quadro social...

    Eu que não me sento
    No trono de um apartamento
    Com a boca escancarada
    Cheia de dentes
    Esperando a morte chegar...

    Porque longe das cercas
    Embandeiradas
    Que separam quintais
    No cume calmo
    Do meu olho que vê
    Assenta a sombra sonora
    De um disco voador...

    Ah!
    Eu que não me sento
    No trono de um apartamento
    Com a boca escancarada
    Cheia de dentes
    Esperando a morte chegar...

    Porque longe das cercas
    Embandeiradas
    Que separam quintais
    No cume calmo
    Do meu olho que vê
    Assenta a sombra sonora
    De um disco voador

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, Julio. Não se esqueça de que o Barão de Itararé já disse que "o problema dos Brasil somos nós. Vamos desatá-los." Acho que o brasileiro realmente valoriza mais o outro do que a si mesmo e tem síndrome de coitadinho. Por isso que vota em caras paternalistas.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)