WhatsApp
(11) 987-135-444

11 de abril de 2013

Mais de 300 servidores manifestam-se em prol do Iamspe contra privatização

Audiência da Frente Parlamentar em Defesa do Iamspe - 10/04/2013

Nessa quarta (10), o Auditório Paulo Kobayashi da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo recebeu uma audiência pública da Frente Parlamentar em Defesa do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe). O evento, promovido pelo mandato parlamentar do deputado Marcos Martins e que teve o apoio da Comissão Consultiva Mista do Iamspe, em conjunto com as entidades do Instituto e demais representações do funcionalismo por meio de associações, sindicatos, federações, confederações e centrais, teve como principal foco, a discussão de parcerias público-privadas e a autarquia.

Mais de trezentos servidores de todas as categorias e de diversas regiões do estado foram prestar seu apoio ao Iamspe, posicionando-se contra propostas aventadas pelo Executivo, no sentido de estabelecer parcerias público-privadas em relação ao Instituto.

A presença de parlamentares foi maciça. Nada menos que onze deputados foram apoiar a manifestação dos servidores na defesa do Instituto e críticas foram feitas ao atual governo sobre a questão das privatizações.

O presidente estadual da CCM Iamspe e vice-presidente da Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (Assetj), Sylvio Micelli, reiterou um manifesto divulgado há quinze dias sobre a questão. Ainda que tenha havido manifestação de Latif Abrão Júnior, superintendente do Iamspe e do secretário de Gestão Pública, Davi Zaia, contrários à possibilidade de parcerias público-privadas com a instituição, Micelli afirmou que a Comissão é contra a privatização ou qualquer outro tipo de alienação que dilapide o patrimônio do Servidor Público Estadual. Lembrou de casos como Vasp, Banespa e Nossa Caixa, que foram privatizados e o estado de São Paulo saiu prejudicado em tais negociações.

Micelli defendeu, também de forma reiterada, que o estado deve se preocupar em colocar mais recursos para o Instituto, que é a contribuição paritária com 2% da mesma forma que os servidores como forma de ampliar e descentralizar o atendimento e que é urgente e inadiável a implementação de um Conselho de Administração com a participação de servidores e da instituição.

Os onze deputados que compareceram à audiência foram: Marcos Martins, Marco Aurélio, Ana do Carmo, Luiz Cláudio Marcolino, Antonio Mentor, João Paulo Rillo, todos do PT; Alcides Amazonas e Leci Brandão, ambos do PC do B; Olímpio Gomes (PDT), Carlos Giannazi (PSOL) e Ulysses Tassinari (PV). Também esteve presente a assessoria do deputado Itamar Borges (PMDB).

Informou a CCM Iamspe


Leia mais sobre a audiência nos sites e blogs



Leia o Manifesto em Defesa do Iamspe, do Hospital do Servidor Público Estadual - Francisco Morato de Oliveira (HSPE-FMO) e de todo o Funcionalismo

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)