WhatsApp
(11) 987-135-444

27 de janeiro de 2013

Por que choramos os mortos de Santa Maria?

Foto: Germano Roratto (Agência RBS)
por Sylvio Micelli

Neste domingo, aprazível dia de descanso, acordamos consternados com o incêndio numa boate em Santa Maria, bem no centro do querido estado do Rio Grande do Sul. Os números iniciais indicam mais de 230 mortos e quase igual número de feridos. Os sobreviventes podem ter sequelas para o resto de suas vidas, por conta da fumaça exalada, isso sem falar nos graves e irremediáveis problemas psíquicos que os acompanharão até o final de seus dias.

A grande maioria das vítimas fatais era composta por jovens entre 16 e 20 anos, ou seja, indiretamente, nossos filhos estavam lá numa situação que se pode repetir em outros lugares.

O episódio na casa noturna Kiss não é um caso isolado. Casas como essas existem aos milhares pelo país. Em linhas gerais são lugares pequenos, que vivem abarrotados e em condições de segurança inadequadas e até inexistentes.

Choramos a morte de pessoas que poderiam ser nossos filhos e amigos por três erros básicos, típicos do país do jeitinho, da propina, da corrupção e do descaso do poder público:

1. Os alvarás de funcionamento da casa estavam vencidos. De duas, uma: ou a prefeitura de Santa Maria e seus órgãos foram negligentes ou, o que é bem provável, a casa pagou o "famoso cafezinho" à fiscalização para "deixar quieto";

2. Fogo e material de alta combustão são altamente perigosos. Casas noturnas tem forros, isolamento acústico e muita fiação. Isso, qualquer criança que estuda o mínimo de Química (como é o meu caso) já sabe. Imagine colocar elementos pirotécnicos num espaço fechado, com muitas pessoas e com muito material pronto para queimar...

3. Seguranças fecharam as portas e não permitiram a saída das pessoas para não saírem "sem pagar" o consumo. Infelizmente, trata-se de uma carreira que precisa urgente regulamentação. Geralmente são pessoas grandes em tamanho, pequenas em cérebro. São mal preparadas, não são profissionais e geralmente fazem esses trabalhos como "bico" para ganhar uns trocos a mais.

Só podia dar merda. E deu.

Nas próximas semanas, a mídia falará exaustivamente sobre o que ocorreu com o segundo maior incêndio do Brasil só perdendo para o Gran Circus Norte-Americano, no longínquo 1961, quando mais de 500 pessoas morreram num incêndio criminoso. Muitos especialistas em tudo falarão sobre tudo. Mas nada trará de volta os mortos, nem recuperará as famílias dizimadas.

O assunto sumirá da mídia, aparecerá nas retrospectivas de final de ano e aguardaremos até a próxima tragédia.

P.S. Aos meus queridos amigos gaúchos. meu pesar. Paulo OlympioLuís Fernando SilvaAguinaldo Sotto Mayor PratesAna Paula CarrionCarolina JardinePaulo CamposAssociação Servidores da Justiça

9 comentários:

  1. Verdade só podia dar merda. E deu! Meu medo é que esse tipo de tragédia se repita pelo Brasil afora...

    Vera Lúcia

    ResponderExcluir
  2. Grande texto, Sylvio Micelli... destaco o final: "Muitos especialistas em tudo falarão sobre tudo. Mas nada trará de volta os mortos, nem recuperará as famílias dizimadas."... solidariedade Às vítimas de Santa Maria.

    Guilherme Nascimento

    ResponderExcluir
  3. E assim caminhamos Sylvio Micelli...e nos achamos sensíveis e humanos...

    Lizete M. C. Marques

    ResponderExcluir
  4. Realmente, belo texto.

    Elcio Paulo

    ResponderExcluir
  5. Sylvio você conseguiu colocar tudo nesse texto.

    Maria Ângela Vallini

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sylvio, belo texto. Bastante apropriado, parabéns!

    Zeneide Milan

    ResponderExcluir
  7. Pois é, Sylvio, isto é o Brasil, dos governantes ...

    Aguinaldo Sotto Mayor Prates

    ResponderExcluir
  8. É doloroso a gente revelar a admiração de uns por outros,algo tão doce,numa hora TÂO amarga.Beijão Silvio,que a tua mensagem atinja o alvo.é o que queremos sempre,não?

    Gladis Ybarra

    ResponderExcluir
  9. Lamentável, muito trite.

    Maria Rufina Vieira

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)