WhatsApp
(11) 987-135-444

15 de dezembro de 2012

O Corinthians X Chelsea de 1929 e o de 2012

por Sylvio Micelli

Reprodução
Neste domingo, 16 de dezembro, na distante Yokohama no Japão, o Sport Club Corinthians Paulista vem a campo pela final do Mundial Interclubes da Fifa. O adversário é o poderoso Chelsea, campeão da Champions League que, apesar de viver uma fase irregular, mostrou muita competência e futebol de qualidade para despachar o Monterrey pela semifinal do torneio.

Acima, Corinthians. Abaixo, Chelsea.
No meio, um dos gols do Corinthians - Reprodução
Na história, será a segunda partida entre as equipes. Em 4 de julho de 1929, em jogo realizado no Parque Antarctica, em São Paulo, Chelsea e Corinthians se enfrentaram. Os ingleses vieram fazer sua pré-temporada e escolheram o campeão paulista invicto daquele ano. O Chelsea abriu 3 a 0 no primeiro tempo. Mas o Corinthians ainda empatou na primeira etapa. No segundo tempo, um gol para cada lado determinou o empate em 4 a 4.

Treinado por Virgílio Montarini, o Timão veio a campo com Tuffy; Grané (C) e Del Debbio; Nerino, Guimarães e Leone; Apparício, Peres, Gambinha, Rato e De Maria. Os gols alvinegros foram anotados por Gambinha (2), Grané e De Maria. Curiosamente, os noticiosos da época, dão como "infeliz" a atuação do goleiro Tuffy na partida.

A equipe inglesa jogou com Sam Millington; George Smith e Tommy Law (C); William Russell, George Rodger e Sid Bishop; John Meredith, Jackie Crawford, Sidney Elliot, Andy Wilson e Willie Jackson. Elliot, por duas vezes, Jackson e Wilson marcaram os gols dos "Blues" treinados por David Calderhead.


83 anos depois

Mais de oito décadas daquele amistoso de 1929, as duas equipes jogam às 8:30 horas (horário oficial de Brasília) deste domingo no Japão, para conquistar o campeonato mundial. O Corinthians foi campeão em 2000. O Chelsea chega à sua primeira final.

Foto: Getty Images
O time inglês, que poupou Lampard e Ramires na partida contra o Monterrey, deve vir a campo com Cech; Ivanovic, Ashley Cole, David Luiz e Cahill; Lampard, Ramires, Oscar e Juan Mata; Hazard e Fernando Torres.

O técnico Rafa Benítez já teve sabores e dessabores no Mundial. Foi campeão com a Internazionale em 2010, diante do Mazembe e treinando o Liverpool foi derrotado pelo São Paulo em 2005.

O técnico Tite estuda mudanças para a equipe corinthiana que sofreu diante do Al Ahly. A velocidade de Jorge Henrique poderá entrar na vaga do "lento" Douglas. Devem vir a campo: Cássio; Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Jorge Henrique; Guerreiro e Emérson.


Decisão de 3º lugar

Antes da grande final, Al Ahly e Monterrey disputam a terceira colocação do campeonato. Há uma tendência de vitória mexicana. Mas aguardemos.


Superstição

Para quem gosta... 16 de dezembro de 1990 marca a primeira conquista nacional do Corinthians, na final contra o São Paulo. O resultado foi 1 a 0, gol de Tupãzinho aos 9 minutos da segunda etapa, na equipe comandada por Neto em campo e por Nelsinho Baptista no banco.


Minha opinião

Apesar de ser corinthiano, não posso ser inocente. O Chelsea é favorito pela equipe que tem, ainda que tenha sido irregular nos últimos tempos. A má atuação do Timão na semifinal deixou um ponto de interrogação do tamanho do nosso amor pelo Corinthians. Seja como for, se voltarmos à Libertadores... o Vasco era favorito... o Santos era favorito... o Boca Juniors era favorito...

Que o Chelsea seja o favorito. E que ao final, o guerreiro Alessandro, a exemplo de outro guerreiro - Freddy Rincón - levante a taça do bicampeonato mundial para o Corinthians!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)