WhatsApp
(11) 987-135-444

8 de setembro de 2012

Os prejuízos da arbitragem ao Sport Club Corinthians Paulista

Reprodução
por Sylvio Micelli

Joseph Goebbels, ministro da Propaganda nazista, dizia que "uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade". Obviamente que não comungo dos "ideais" nazistas, mas uso a expressão para criticar os anticorinthianos que vivem pelos cantos a reclamar e a afirmar que o Sport Club Corinthians Paulista só vence seus jogos e títulos na base do "roubo" ou com o "apito amigo".

É claro que entendo o torcedor. Geralmente ele perde a racionalidade quando discute futebol, mas há limites que, em relação ao Timão são sempre transpostos, o que torna o anticorinthiano um chato e sem moral para discutir, pois nivela-se por baixo ao acreditar que "ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão".

O Corinthians tem sido vergonhasamente prejudicado no Campeonato Brasileiro de 2012. Há, ao menos em quatro jogos, falhas graves da arbitragem que denota duas coisas: primeiro que todos são beneficiados ou prejudicados pelos juizes e auxiliares e segundo, que precisamos melhorar e profissionalizar a arbitragem nacional, que ainda carece de regulamentação.

Vejamos:

19/08/2012 - Santos 3 X 2 Corinthians, na Vila Belmiro - são três os lances irregulares. a) não foi falta em André, no lance que original o primeiro gol; b) o triplo impedimento "carpado" no gol de André, que deveria anular o jogo de tão absurdo que foi; c) Neymar colocou a mão na bola, já tinha amarelo e deveria ter sido expulso;

26/08/2012 - Corinthians 1 X 2 São Paulo, no Pacaembu - quando o jogo estava 1 a 1, Emerson foi chutado por Tolói dentro da área. Pênalti não marcado e não há nada de interpretação. Falta dentro da área é pênalti, desde os tempos de Charles Miller.

02/09/2012 - Corinthians 1 X 0 Atlético-MG, no Pacaembu - Emerson foi expulso no segundo tempo por mão na bola e tomou o segundo amarelo. O primeiro amarelo, por reclamação, foi exagerado e injusto, pois ele sofreu falta num lance anterior. Réver, do Galo, meteu a mão na bola dentro da área. Outro pênalti não marcado. E ainda reclamam do gol anulado no fim, quando Leonardo Silva, claramente, fez falta em Fábio Santos.

08/09/2012 - Corinthians 3 X 1 Grêmio-RS, no Pacaembu - Dois pênaltis claríssimos não marcados no segundo tempo: um em Romarinho e outro em Danilo, que ainda foi punido com cartão amarelo. O jogador gremista Edilson, por exemplo, deveria ter sido expulso umas cinco vezes pelo conjunto da "obra" de tanto que bateu no Pacaembu.

Claro que não vou acreditar que exista um complô contra o Corinthians. Isso seria uma bobagem. Mas o fato é que a arbitragem está péssima. O que incomoda são os torcedores adversários que só se levantam quando o beneficiado é o Corinthians.

Querem limpeza, que tudo seja efetivamente limpo. Do contrário, ninguém poderá reclamar.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)