WhatsApp
(11) 987-135-444

29 de setembro de 2012

A TV Brasileira perde sua primeira dama

Reprodução
por Sylvio Micelli

Goste-se ou não do estilo, a morte de Hebe Camargo ocorrida hoje, encerra o primeiro capítulo da televisão brasileira e transforma-a num marco.

A história de Hebe confunde-se com a própria história da televisão. "TV na Taba", por exemplo, foi o programa que deu início as transmissões de TV no Brasil em 18 de setembro de 1950, na extinta TV Tupi. Foi onde tudo começou. O programa era dirigido por Cassiano Gabus Mendes e teve Hebe entre os participantes.

Em mais de seis décadas de carreira, Hebe fez cinema, cantou, atuou em séries, mas notabilizou-se como uma das maiores apresentadoras do País. Deu chance para muita gente do meio e com sua risada inigualável fazia parte da sala de estar de milhões de brasileiros.

Muita gente tentou copiar o estilo, mas o dom e a finesse só escolheram uma dama.

A TV chora. E o cemitério continua cheio de insubstituíveis.

O céu sorri. Nair Bello e Ronald Golias já a esperam de braços abertos.

Um dia, todos nos encontraremos. Selinho prá você!

Ao lado das amigas inseparáveis, Nair Bello e Lolita Rodrigues, Hebe protagonizou grandes passagens da TV brasileira, como a entrevista histórica abaixo, concedida pelas três a Jô Soares em 2000

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)