WhatsApp
(11) 987-135-444

28 de julho de 2012

#London2012 - Brasil, com sofrimento desnecessário, estreia com vitória no futebol masculino


por Sylvio Micelli

Um começo de arrasar! 3 a 0 no primeiro tempo. Gols bonitos, toques refinados de bola, o futebol brasileiro - guardada as devidas proporções - em sua mais pura essência. Um segundo tempo de apagão, com dois gols tolos sofridos e um sufoco desnecessário. Eis o resumo da estreia do futebol masculino do Brasil, nos Jogos Olímpicos de Londres: uma suada vitória por 3 a 2 diante do Egito.

A vitória da seleção de Mano Menezes era mais que prevista. O Brasil está num grupo teoricamente fraco. Mas o sofrimento da segunda etapa diante de um limitado time egípcio faz, já na primeira rodada, acender uma tremenda luz amarela. O selecionado brasileiro precisa compreender que o jogo consiste em 90 minutos e que não dá, pela abissal diferença tática e técnica, para sofrer com o Egito.

Rafael comemora seu gol
ao lado de Neymar - Foto: CBF
Foi meia hora de arrasar com Oscar dando dois belos passes. Aos 16 minutos, Oscar encontrou Rafael no meio da área e o lateral definiu. Aos 26, Oscar fez bela jogada driblou o goleiro e tocou para Leandro Damião, livre, ampliar.

Aos 30 minutos foi a vez de Neymar aparecer. Ele fez jogada com Hulk que cruzou na cabeça de Neymar para fazer 3 a 0. O jogo, assim, parecia definido e dava a impressão de que o Brasil, a exemplo do futebol feminino no dia anterior, também golearia seu adversário.

No segundo tempo, porém, Aboutrika diminuiu aos 7 minutos e Salah, aos 31 minutos fez o segundo gol do país africano.

O técnico brasileiro Mano Menezes fez três substituições na segunda etapa: entraram Paulo Henrique Ganso, Alexandre Pato e Danilo nos lugares de Hulk, Leandro Damião e Sandro, mas pouco efeito surtiu.

O Brasil teve chance para ampliar e o Egito, para empatar, mas ficou mesmo nos 3 a 2. Vitória com sabor de susto, a caminho do inédito ouro olímpico.


BRASIL 3 X 2 EGITO

Local: Millenium Stadium, em Cardiff (País de Galles)
Data: 26 de julho de 2012, quinta-feira
Horário: 15h45 (de Brasília)

Árbitro: Gianluca ROCCHI (Itália)
Auxiliares: Mark Clattenburg (GBR) e Dominique Maestracci (CAN)
Cartões amarelos: Saleh, Ramadan e Eldin (EGI); Hulk (BRA)

Gols:
BRASIL: Rafael, aos 15, Leandro Damião, aos 25, e Neymar, aos 29, do 1º Tempo
EGITO: Aboutrika, aos 6, e Salah, aos 30, do 2º Tempo

Brasil: Neto; Rafael, Thiago Silva, Juan e Marcelo; Sandro (Danilo), Rômulo e Oscar; Hulk (Ganso), Leandro Damião (Pato) e Neymar
Técnico: Mano Menezes

Egito: Elshenawi; Eldin, Ahmed, Ramadan e Hegazi; Saleh (Ahmed), Hossam, El Neny (Magdy) e Aboutrika; Mohsen (Salah) e Emad
Técnico: Hany Ramzy

Ficha Técnica by Gazeta Esportiva.Net

1 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)