WhatsApp
(11) 987-135-444

22 de julho de 2012

Brasileirão 2012 - 11ª rodada - Avaliação do palpiteiro Sylvio @Micelli

Depois de umas "férias" de sete rodadas comemorando o inédito título da Libertadores do meu Coringão e ainda de ressaca pensando no Japão em dezembro, volto aos meus pitacos que não interessam a ninguém, numa terra com 200 milhões de treinadores.

Abraços!

Vasco 2 x 0 Santos
  • Há muito tempo que digo que o Santos, sem Neymar e Ganso, é um time comum e até bem mediano. Teve santista que brigou comigo e até virou a cara. Mas o fato está aí. Sem peças de reposição à altura, o Santos fará campanha para não cair no ano de seu centenário. Resultado normal no Rio. E o Vasco busca eliminar a sina do eterno vice.
Sport 1 x 4 Atlético-MG
  • O Galo permanece na liderança e igualou a marca do Corinthians no ano passado, com a mesma pontuação e o mesmo número de rodadas. Fez uma receita simples. Pegou aquilo que "não servia" aos outros, montou um time ajeitado e conta com Bernard, sério candidato a revelação do campeonato. É cedo ainda. Mas tem pinta de campeão, depois de 41 anos.
Corinthians 1 x 1 Portuguesa
  • Ao Corinthians resta não cair ou vencer o Brasileirão, o que está muito difícil. O time tenta engatar a terceira, depois de conquistar a América. A Lusa, desde o começo, estava fadada a fazer uma campanha para não ser rebaixada. E terá um enorme trabalho pela frente.
Palmeiras 3 x 0 Náutico
  • Depois do título na Copa do Brasil, o Palmeiras está na mesma situação do Corinthians. É ter tranquilidade para não cair e já sabe que é praticamente impossível chegar lá na frente. Resultado absolutamente normal contra o Náutico que está numa posição intermediária tentando fugir da degola.
Internacional 4 x 1 Atlético-GO
  • O Inter busca seu melhor futebol, considerando-se que vive numa entressafra. Deve lutar pela classificação na Libertadores, mas tem um time inferior ao de outros anos. Ao Atlético de Goiás resta rezar muito. Lanterna desde sempre, já se vê numa situação desesperadora antes de um terço do campeonato.
Cruzeiro 1 x 0 Flamengo
  • Os mineiros tentam não descolar do G4 e o futebol de Minas parece respirar novos ares depois de um 2011 desastroso. O Flamengo, com sérios problemas dentro e fora de campo, não deve cair. Mas também não deve fazer nada além de uma campanha intermediária.
Figueirense 0 x 2 São Paulo
  • Apesar de um começo promissor, o Figueirense foi despencando e nem de longe lembra sua campanha no ano passado. Lutará contra a degola. O São Paulo fez um gol no começo, outro no fim e nada no meio. Mas foi o suficiente para também se manter próximo aos líderes. Mas o Tricolor está mais com cara de Sulamericana 2013 que Libertadores.
Botafogo 0 x 1 Grêmio
  • No Engenhão foram ver a estreia do veterano Seedorf e viram o velho e bom Zé Roberto, mentor gremista. O pragmatismo de Luxemburgo garantiu sua equipe no G4 e fez o Fogão despencar. O Grêmio tenta se firmar, em meio a uma campanha ainda irregular. É o único time que não empatou no torneio. Ou vence ou perde...
Ponte Preta 1 x 2 Fluminense
  • Flu jogou mal, mas o suficiente para vencer no final e permancer na terceira posição atrás de Galo e Vasco. O time de Nelson Rodrigues permanece como único invicto na competição. Em nono lugar, a Ponte se esforça para se garantir na Sulamericana, principal meta do time campineiro.
Bahia 2 x 2 Coritiba
  • Aqui já começa uma série de "duelo dos desesperados" que teremos ao longo da competição. O Bahia vencia por 2 a 0 e cedeu o empate. Tirou o Coxa da zona da degola e jogou a si próprio na vice-lanterna da competição. O recém contratado técnico Caio Júnior, em substituição a Paulo Roberto Falcão, demitido na semana passada, terá um árduo trabalho pela frente.

CLASSIFICAÇÃO

Libertadores: Atlético-MG, Vasco, Fluminense e Grêmio
Sulamericana: Cruzeiro, São Paulo, Internacional, Botafogo, Ponte Preta, Flamengo, Náutico e Corinthians (*)
Neutra: Sport, Palmeiras (*), Santos e Coritiba
Degola: Portuguesa, Figueirense, Bahia e Atlético-GO

(*) Já classificados para Copa Santander Libertadores 2013

ARTILHEIRO: Alecsandro (Vasco) - 7 gols

DESTAQUE DA RODADA: o jogo mais esperado da rodada foi Botafogo X Grêmio, todos de olho na estreia de Seedorf. Mas quem brilhou foi outro "velho". O humilde e interminável Zé Roberto que comandou a equipe gaúcha e calou o Engenhão. Outro destaque é o jovem meia Bernard do Atlético-MG que, como já relatei acima, é sério candidato à revelação do campeonato.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)