WhatsApp
(11) 987-135-444

8 de maio de 2012

Nesta quarta é o Corinthians contra tudo e contra todos


por Sylvio Micelli

Pois é, meu caro leitor! A primeira decisão da Copa Santander Libertadores chegou. Se tudo der certo logo mais, ela será a primeira de quatro decisões, a que o Corinthians terá de se submeter para conquistar o título. Depois de Emelec, teremos Vasco ou Lanús, para depois encarar possivelmente o Santos e finalizar com Boca. Ou com o mesmo Fluminense, cujo empate na invasão do Maracanã em 1976, nos credenciou à primeira Libertadores no ano seguinte.

Logo mais, no velho e bom Pacaembu de tantas vitórias nossas, o Sport Club Corinthians Paulista entra em campo com um peso extra. Além dos habituais 30 e tantos milhões de torcedores a empurrá-lo, há uma maldita história de 35 anos de fracassos nesta competição que, apesar de ser absolutamente comum, tornou-se um fardo difícil de se carregar.

Cada jogo é quase uma sentença de morte.

Cada jogo é a garganta seca... E se não der? E se a bola não entrar? E se o Corinthians tomar um gol "espírita" como aquele contra o Táchira na estreia?

Não, leitor... Não há como se acalmar. E se você for corinthiano, sabe exatamente o que eu e você sentimos. Desde a última quarta, no empate em Guayaquil, nossa cabeça está apenas neste jogo.

Logo mais, no velho e bom Pacaembu de tantas vitórias nossas, o Timão buscará em 90 minutos, ou quiçá nos pênaltis (para testar nossos corações), mais uma vitória, como se fosse um ritual de passagem.

Temos mais time. Nossa defesa é quase intransponível, ainda mais agora com o Cássio.

Temos mais camisa. Mais história. Mais torcida.

Temos mais de tudo um pouco. E somos a única equipe invicta na competição...

Mas o jogo começa num 0 a 0 que incomoda e que é benéfico a eles, porque temos de vencer, nem que seja por meio a zero com um gol de Ralf nos acréscimos, a exemplo do mesmo Táchira já lembrado.

Agora é contar as horas. Contar os minutos. E esperar pelo apito do uruguaio Dario Ubriaco no jogo que determinará o futuro de nossa Nação.

Agora é o Corinthians... contra tudo e contra todos. Sempre!

2 comentários:

  1. Você é um comediante isso que você é..
    Corinthians o time mais ajudado do Brasil no apito vide 2005 e 2011 que passaram a mão no Vasco pra ele ser campeão que segundo o placar real foi prejudicado em 10pts
    Detalhe: sem contar os penaltis...
    O Corinthians pode até ter sido o campeão como em 2005 mais a história suja que esse time tem não vai ser apagada jamais..
    Não se esqueça que só ganharam a Copa do Brasil 2009 porque o Gaciba ajudou vocês no jogo contra o Vasco;
    As pessoas tem Raiva do Corinthians porque ele é a parte suja do futebol brasileiro.

    ResponderExcluir
  2. Olá, meu caro Anônimo. Esta é a sua opinião que eu respeito mas não concordo. Obrigado por me taxar de comediante. A mim é um elogio. Primeiro que sua afirmação de que o Corinthians é a parte suja do futebol brasileiro demonstra total conhecimento do que é futebol. Ser ajudado pela arbitragem todos já foram. Se você torce para o Vasco (o citou duas vezes), como você explica a manobra da CBF em 1974 que deveria realizar o jogo desempate entre Cruzeiro e Vasco no Mineirão, mas alegando uma pretensa agressão, colocou o jogo no Maracanã? Como você explica a vergonhosa final da Copa João Havelange em 2000, quando mantiveram o jogo em São Januário, mesmo sem condições de segurança? Então, amigo... Pau que bate em Chico, bate em Francisco. Eu consigo escrever sobre o passado negro de todas as principais equipes do Brasil. No ano passado, o Corinthians era pra ter sido campeão na penúltima rodada. Mas vocês contaram com a ajuda do Fluminense, quando o Cavalieri entregou a bola nos pés do Bernardo para fazer 2 a 1 e levar tudo para a última rodada? Então, eterno vice... Sossega aê e observe que todo mundo tem uma historinha interessante para contar.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)