WhatsApp
(11) 987-135-444

3 de maio de 2012

Gol sofrido nos acréscimos complica retorno do Juventus à série A2

por Sylvio Micelli

Um gol sofrido aos 47 minutos do segundo tempo pode complicar o retorno do Juventus da querida Mooca à série A2 que será disputada no ano que vem.

Na tarde desta quarta (2), Juventus e Guaçuano empataram em 2 a 2 no "Monumental" da Rua Javari. O resultado manteve o Juventus na liderança de seu grupo com 9 pontos, mas o Moleque Travesso terá de segurar ao menos um empate contra o Grêmio Osasco na última rodada no próximo domingo para depender de suas próprias forças. O jogo acontecerá na cidade da Grande São Paulo e o time dirigido pelo ex-jogador Vampeta vem forte depois de ter goleado o Marília por 4 a 0, na casa do adversário, também nesta quarta.

Além de Juventus com 9 pontos, Guaçuano com 8 e Grêmio Osasco com 7 têm chances de classificação. O Marília está eliminado e amargará mais um ano na série A3 do Campeonato Paulista. O Guaçuano, ao menos em tese, tem um compromisso mais tranquilo. Pega o MAC sem chances e em casa. Justamente por isso, o confronto entre Grêmio Osasco e Juventus tornou-se de fundamental importância e será o jogo mais importante do domingo. No outro grupo, Rio Branco e Capivariano já selaram o retorno à série A2 em 2013. O Rio Branco depende apenas de si para se classificar à final da A3.


O jogo

Atuando em casa, o Juventus pressionou a equipe do Interior no primeiro tempo, mas abusou da capacidade de perder gols. Foi punido no final da primeira etapa. Após um chutão da zaga adversária, a bola sobrou para o atacante Billy, aos 38, abrir o placar para a equipe do Interior.

No segundo tempo, o Moleque permaneceu na pressão e conseguiu virar a partida. O bom lateral direito Tony converteu um pênalti aos 18 e o atacante Renato, em sua primeira jogada, virou para 2 a 1. Se mantido, o resultado já garantiria a classificação para a final e o retorno à A2. O Guaçuano, porém, não esmoreceu e já nos acréscimos, Billy, aos 47, deu números finais à partida jogando água no "cannole" juventino.

Destaque, ainda, para a péssima arbitragem de Thiago Duarte Peixoto que inverteu faltas e demorava muito nas suas decisões, o que irritou as duas equipes.

Então é o seguinte. O Juventus precisa empatar ou vencer o Osasco, longe da bella Mooca, para garantir o retorno à série A2, ano que vem.

Forza, Juve!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)