WhatsApp
(11) 987-135-444

29 de março de 2012

Na assembleia e na Assembleia, Servidores do Judiciário marcam “super” quarta

Servidores aprovam a pauta de reivindicações da categoria em assembleia
na Praça João Mendes - Foto: Sylvio Micelli (Assetj)


por Sylvio Micelli / ASSETJ


Dia cheio na vida dos Servidores do Judiciário do São Paulo, esta quarta 28 de março, foi marcada por grande mobilização.

Pela manhã, o conjunto de entidades representativas de Servidores do Judiciário reuniu-se na sede da Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (Assetj) para fechar uma pauta unificada que foi apresentada durante a assembleia geral, além de fazer uma avaliação geral do movimento.

A chuva fina e o vento frio não impediram que, pouco depois das 14 horas, a assembleia tivesse início com a participação de mais de 500 servidores de diversas regiões do estado.

O presidente da Assetj, José Gozze, deu início à assembleia criticando o auxílio-alimentação da magistratura e a insistência na punição administrativa de servidores que participaram da greve de 2010. Parabenizou, mais uma vez, a presença de todos.

Após a manifestação dos demais representantes, a assembleia geral aprovou a pauta unificada da categoria. Também ficou definida a realização de uma assembleia geral da categoria, sempre no mês de março de cada ano, para marcar o vencimento e as discussões sobre a data-base, bem como das demais reivindicações dos trabalhadores do Judiciário.

Destaque na assembleia para a participação dos deputados estaduais Major Olímpio Gomes (PDT) e Carlos Giannazi (PSOL) que, desde a greve de 2010, têm se destacado em defesa da categoria.

Por volta das 5 da tarde, os servidores lotaram o Auditório Franco Montoro na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

Idealizada por Giannazi, e também com a participação de Olímpio, a audiência pública foi um desdobramento político da assembleia realizada na praça, com a aprovação de diversas propostas de trabalho conjunto do Legislativo com as entidades, principalmente na apuração de denúncias feitas que serão diligenciadas pelos parlamentares e informadas à ministra Eliana Calmon, Corregedora Geral de Justiça.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)