WhatsApp
(11) 987-135-444

26 de março de 2012

Seminário de lideranças de servidores discute Previdência Social Pública

Foto: Sylvio Micelli (Fespesp)
por Sylvio Micelli / Fespesp

O Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo foi palco, em 22 de março, de um seminário promovido pela Frente Nacional São Paulo em Defesa da Previdência Social Pública, entidade composta por dezenas de instituições da sociedade civil organizada e por entidades representativas de servidores da União, dos Estados e dos Municípios.

Intitulado "Seminário: Previdência Social Pública", o evento discutiu as verdades sobre a previdência pública em resposta aos constantes ataques que o tema tem sido alvo por parte do governo e com o apoio da grande mídia. O encontro teve com principal meta desmistificar a mentira de que a previdência pública é deficitária e reiterar que a defesa dos direitos dos servidores públicos de todo o país não é corporativismo.

Para tanto, o Seminário contou com a presença de especialistas na matéria, tanto no funcionalismo como na área política, para discutir o assunto. Além de representantes de vereadores, o seminário teve a participação dos deputados federais João Eduardo Dado (PDT/SP) e Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP), bem como do deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL/SP).

Após a abertura oficial do evento, feita pelos coordenadores da Frente Nacional e presidentes de federações, a primeira palestra ficou a cargo do deputado João Dado, que discorreu sobre o tema "O PL 1992 e o trabalho no Congresso Nacional". O parlamentar fez severas críticas ao Fundo de Previdência Complementar para os Servidores (Funpresp), recentemente aprovado na Câmara dos Deputados e que tramita no Senado Federal. Dado afirmou que a intenção é acabar com a previdência pública e ressaltou a necessidade de que o funcionalismo eleja representantes seus para as câmaras, assembleias e Congresso Nacional para gerar um equilíbrio na disputa de forças políticas.

Em seguida, Sérgio da Luz Belsito, presidente nacional do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal) e Paulo Lino Gonçalves, diretor secretário do Sinal/SP discorreram sobre o histórico da Frente Nacional e traçaram perspectivas sobre o trabalho constante e permanente que deve ser feito pelos representantes do funcionalismo.

João Marcus Monteiro, que preside o Sinal no Rio de Janeiro, falou do trabalho que os servidores fluminenses tem realizado sobre o tema e convidou os presentes para um evento semelhante que será feito na cidade do Rio de Janeiro no próximo dia 2 de abril.

Floriano José Martins, vice-presidente executivo da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip) falou sobre o tema "A mentira governamental sobre o déficit da Previdência". Sua apresentação demonstrou dados históricos, estatísticos e numéricos sobre a falaciosa afirmação de que a previdência pública é deficitária. Martins fez pormenorizada explicação sobre como se forma a caixa da previdência no Brasil.

Por fim, o deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP) encerrou o evento fazendo um resgate histórico da luta pela Previdência no Congresso Nacional. Enalteceu o trabalho das entidades para a aprovação da PEC dos inválidos do serviço público e reiterou a necessidade de mobilização para a aprovação da PEC 555, que isenta o aposentado do serviço público a continuar contribuindo com a previdência.

A primeira mesa que coordenou os trabalhos foi composta por Luiz Fuchs, diretor de Assuntos Parlamentares e Intersindicais do Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil (Sindifisco) - Delegacia Sindical de São Paulo; José Gozze, presidente da Federação das Entidades de Servidores Públicos do Estado de São Paulo (Fespesp); Laura Martinez Lucca, presidente da Associação dos Pensionistas do Instituto de Previdência Municipal de São Paulo (Apiprem) e Gaspar Bissolotti Neto, presidente da Federação Nacional dos Servidores dos Poderes Legislativos Federal, Estaduais e do Distrito Federal (Fenale).

A segunda mesa que coordenou os trabalhos foi composta por Paulo Lino Gonçalves, diretor secretário do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal); Edison Guilherme Haubert, presidente do Movimento dos Servidores Aposentados e Pensionistas (Instituto Mosap); Wagner Dalla Costa, diretor de Finanças da Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP) e Manoel do Nascimento Veríssimo, presidente da Federação das Associações Sindicais e Profissionais de Servidores da Prefeitura do Município de São Paulo (Fasp-PMSP).


Próximos passos

Além do constante acompanhamento das matérias previdenciárias no Congresso Nacional, o próximo evento que a Frente Nacional participará será o encontro promovido pela Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP) sobre o tema Previdência Pública. O evento está marcado para o próximo dia 16 de abril, às 9:30 horas, na sede do Centro do Professorado Paulista (CPP), na Avenida Liberdade, 928, em São Paulo.


Repercussão, Apresentações  e Divulgação


Veja as fotos do evento

Confira matéria sobre o evento no site da Câmara Municipal de São Paulo 

Ouça matéria feita por Célia Bravin para a Rádio Web da Câmara de São Paulo

Veja a apresentação do deputado federal João Dado (PDT/SP), clicando AQUI!

Veja a apresentação de Floriano José Martins da Anfip, clicando AQUI!

Leia os boletins 1 e 2 da Frente Nacional SP

Visite o blog frente-sp-555.blogspot.com/

2 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)