WhatsApp
(11) 987-135-444

29 de fevereiro de 2012

Adriano marca, Timão dispara, mas tudo isso sem tesão

por Sylvio Micelli

Lead

Chegamos à metade do Campeonato Paulista. Pela décima rodada, no último sábado, o Sport Club Corinthians Paulista venceu o Botafogo Futebol Clube. O resultado manteve a equipe na liderança e com uma margem ampliada, tendo em vista que Guarani e Palmeiras não venceram seus jogos.

Estive presente ao Pacaembu e pude ver o Timão vencendo com um gol solitário de Adriano, logo no começo do jogo. Ver o jogo in loco mostrou-me duas coisas. Primeiro que o atacante, destaque da partida, ainda tem futebol para mostrar. Além do gol, ele poderia ter feito outros dois e mostrou muita mobilidade, considerando-se seu condicionamento físico, ainda distante do ideal.

Segundo, que o técnico Tite faz o Corinthians jogar um futebol pragmático, de resultado. Não a toa, a equipe teve a defesa menos vazada no Campeonato Brasileiro no ano passado e o mesmo se repete agora no Paulistão. A defesa é compacta, o meio de campo está sólido. O problema é o ataque, pois, se o Corinthians sofre poucos gols, também marca poucos gols. Isso às vezes irrita a torcida, mas tem dado resultado.

Um velho torcedor disse a mim, no estádio. “Enquanto a gente tiver ganhando todos os jogos por um a zero. Tá valendo…”


O jogo

O Corinthians abriu o placar logo a três minutos. O peruano Luís Ramirez cruzou da esquerda, Alex falhou na jogada, mas a bola sobrou limpa para Adriano bater por baixo de Juninho e abrir o marcardor.

O time do Interior foi rápido na resposta. Cinco minutos depois, Leo Gonçalves, na intermediária, mandou uma bomba espalmada por Julio Cesar. Após esse início, o Timão cadenciou o jogo. O Botafogo tentou entrar na defesa, mas sem sucesso. Chicão bateu uma falta com perigo, na metade do primeiro tempo e Adriano quase marcou de cabeça, no final da primeira etapa, após cruzamento preciso de Paulinho.

A segunda etapa, a rigor, foi só do Corinthians que tentou ampliar, mas encontrou como barreira o bom goleiro Juninho. Na metade do segundo tempo, dois lances – um com Adriano e outra com Chicão – foram bem interceptados pelo goleiro botafoguense. O atacante corinthiano ainda teve uma ótima chance, também defendida por Juninho, mas que já estava marcado um impedimento.

E foi isso. Pragmático, com posse de bola enorme a cozinhar o adversário e a disparar na liderança do Paulistão.


Homenagem

O jogador Sócrates, falecido no final do ano passado, foi homenageado pelo clube que o revelou. O Botafogo lançou um belo uniforme em homenagem ao “Doutor” que fez história no Parque São Jorge.

Ficha Técnica

Na história:
97 jogos – 50 vitórias do Corinthians X 10 vitórias do Bragantino e 37 empates
Corinthians: 175 gols X Botafogo: 89 gols

Jogo 13/2012 – 8 V – 4 E – 1 D – 16 GF – 7 GC – SG 9
Artilheiros: Emerson, Willian e Luís Ramirez (2 gols cada); Adriano, Alessandro, Alex, Chicão, Danilo, Élton, Liédson, Paulinho e Ralf (1 gol cada)
Gol contra: Dezinho (Mirassol)

No Paulistão 2012 – 8 V – 2 E – 0 D – 13 GF – 3 GC – SG 10 – 1º lugar – 26 pontos
Artilheiros: Emerson, Willian e Luís Ramirez (2 gols cada); Adriano, Alessandro, Chicão, Danilo, Élton e Paulinho (1 gol cada)
Gol contra: Dezinho (Mirassol)

 

SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA 1 X 0 BOTAFOGO FUTEBOL CLUBE


Competição: Campeonato Paulista 2012 – Série A
Rodada: 10ª
Local: Local: Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho [Estádio do Pacaembu], São Paulo (SP)
Data: 25 de fevereiro de 2012

Árbitro: Robério Pereira Pires (SP)
Assistentes: Reinaldo Rodrigues dos Santos e Claudson Lincoln Beggiato (ambos de SP)
Assistentes Adicionais: Fabio de Jesus Volpato Mendes e Márcio Roberto Soares (ambos de SP)
Quarto Árbitro: Philippe Lombard (SP)

Público: 17.162 torcedores
Renda: R$ 561.449,00
Cartões amarelos: Tiago Ulisses e Alex Barros [B]

Gol: Adriano [C] (3′)

[Notas do Micelli]

CORINTHIANS: Julio Cesar [7]; Welder [7], Chicão [7], Wallace [6] e Fábio Santos [6]; Ralf [7], Paulinho [7] (Douglas [S/N]), Alex [7] e Luís Ramirez [6] (Edenílson [S/N]); Willian [7] (Gilsinho [S/N]) e Adriano [8]
Técnico: Tite [7]

BOTAFOGO (SP): Juninho [8]; Alessandro [6], Marco Aurélio [6], Marquinhos [6] e Alex [7]; Glauber [6], Leandro Carvalho [S/N] (Tiago Ulisses [7]), Léo Gonçalves [7] e Camilo [7] (Felipe [S/N]); André Dias [6] e Clebinho [7] (Fabinho [S/N])
Técnico: Vagner Benazzi [6]

Ficha Técnica by Gazeta Esportiva.Net

PRÓXIMA PARTIDA:
CORINTHIANS X CATANDUVENSE – PAULISTÃO 2012
QUARTA – 29 DE FEVEREIRO DE 2012 – ESTÁDIO DO PACAEMBU, SÃO PAULO

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)