WhatsApp
(11) 987-135-444

Porque devemos defender a liberdade, mesmo com os "excessos" de Charlie Hebdo

Ainda que eu entenda que há "excessos", defender Charlie Hebdo é, em linhas gerais, defender a liberdade de expressão e a liberdade de Imprensa.

Governador sanciona lei que transforma cargos de Administrativo Judiciário em Escrevente

É importante ressaltar o trabalho fundamental feito pelo deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL) para a aprovação deste projeto que foi uma das bases de luta da Assetj, no ano passado, no conjunto com as demais entidades representativas de Servidores do Judiciário.

Caras e bocas de Leandro Hassum garantem a pipoca no bom "O Candidato Honesto"

O mote do filme é como ganhar uma eleição sendo honesto e falando somente a verdade. A película traz críticas, ainda que leves, ao sindicalismo pelego e ao envolvimento promíscuo da mídia com o candidato.

O terrorismo em Paris e o endêmico brasilianismo piegas

Claro que nenhum terrorista virá para o Brasil. Exceto para tirar férias e quem sabe aproveitar o Carnaval. Poupem-me do brasilianismo piegas. Adoro meu país, mas aqui não é um santuário abençoado por Deus e bonito por natureza (desculpaê, Jorge Ben).

Charlie Hebdo: um dia triste para a mídia mundial. Mas o buraco é muito mais profundo

Matar pessoas não tem justificativa. Simples assim. Não há motivos, porquês. Não há nada. A questão aí é tentar entender, num ambiente macro, o que vem acontecendo com o mundo.

22 de janeiro de 2015

Na Copinha, Timão toma dois sustos, vira e encara São Paulo na semifinal


por Sylvio Micelli

Pela rodada de quartas de final nessa terça (20), o Corinthians sofreu na 46ª edição da Copa São Paulo de Futebol Juniores. Pela primeira vez experimentou estar atrás no placar nesta competição e por duas vezes. Empatou e virou sobre o bom time do São Caetano. O resultado final de 4 a 2 classificou o Timãozinho para a semifinal que será disputada contra o São Paulo, jogo que promete grande aparato de segurança em Limeira, logo mais à noite.

O time do ABC abriu o placar logo a seis minutos. Panambi recebeu cruzamento em bola mascada e desviou do goleiro Caíque França para fazer 1 a 0 para o Azulão.

O Timão empatou dez minutos depois, numa falha clamorosa do goleiro Victor. Falta para o Corinthians na intermediária. Marciel bateu forte é verdade, mas o goleiro não conseguiu segurar a bola que caiu dentro do próprio gol.

No momento de maior pressão corinthiana, inclusive com bola na trave, o São Caetano ficou novamente à frente. O atacante Santiago dominou uma bola rebatida na entrada da área corinthiana para fazer 2 a 1.

No segundo tempo só deu Corinthians. Logo a 11 minutos, Gabriel Vasconcellos recebeu passe de Arana na entrada da área e bateu com categoria para empatar a partida novamente.

Aos 22 minutos, a virada corinthiana. Matheus Cassini converte pênalti sofrido pro Gabriel. Bateu firme no meio do gol.

Já no final da partida, aos 43 minutos, Yan bateu falta. Rafael Augusto apareceu sozinho na segunda trave para fazer Timão 4 a 2.

A semifinal ocorre nesta quinta (22), às 9 da noite contra o São Paulo na cidade de Limeira. A outra semifinal será entre Palmeiras e Botafogo de Ribeirão Preto.


FICHA TÉCNICA

Corinthians 4 x 2 São Caetano
Quartas de final, Copa São Paulo de Futebol Júnior

Data: 20/01/2015
Local: Arena Barueri
Cartões Amarelos: Igor (SCA), Rodrigo Sam (COR)

Gols: Marciel, Gabriel Vasconcelos, Matheus Cassini, Rafael Augusto (COR), Panambi, Santiago (SCA)

Corinthians: Caique França; Léo Príncipe, Rafael Augusto, Rodrigo Sam e Arana; Marciel, Maycon, Matheus Vargas (PC) e Matheus Cassini (Yan); Gabriel Vasconcelos e Tocantins (Marcinho)

Técnico: Osmar Loss

São Caetano:  Victor Cecchini; Arthur, Vitão, Wesley e Japa; Igor, Zanetti, Matheus e Nonato (Erikinho); Panambi (Somália) e Santiago
Técnico: Márcio Griggio

Fonte: Site do Corinthians

20 de janeiro de 2015

Fespesp faz eleição para cargos vagos e planeja 2015

por Sylvio Micelli / FESPESP

A Federação das Entidades de Servidores Públicos do Estado de São Paulo (Fespesp), em sua primeira reunião ordinária de 2015, ocorrida na semana passada, fez uma eleição para suprir e alterar cargos vacantes em decorrência de pedidos de renúncia e afastamentos.

O novo secretário geral da Federação é Diógenes Francisco Marcelino, que ocupava a diretoria de Cultura e Lazer. Antonio Carlos Duarte Moreira (Afpesp) ocupará a segunda secretaria. Volnei da Silva (Capesp) foi eleito para a diretoria de Associativismo. Múcio Rodrigues Torres (Afpesp), por sua vez, foi para a diretoria de Cultura e Lazer, enquanto a diretoria para Assuntos da Saúde será ocupada por Luiz Carlos Toloi Júnior (Afresp). Os eleitos exercerão o mandato até o final da atual gestão em 2016. Os demais cargos na diretoria executiva e no conselho de representantes não foram alterados

Na mesma reunião, a Fespesp começou a discutir um calendário de atividades para este ano. A principal proposta levantada é a feitura de uma pauta conjunta do funcionalismo, que sirva como base para todos os atos a serem praticados pela federação. A Fespesp pretende retomar as reuniões da Comissão das Entidades de Servidores Públicos do Estado de São Paulo que, há alguns anos, aconteciam regularmente na Assembleia Legislativa. A primeira reunião, a confirmar, deve ocorrer no próximo dia 10 de fevereiro. No dia anterior, 9 de fevereiro, ocorre a reunião mensal ordinária de fevereiro. A Fespesp pretende também realizar um seminário ainda neste primeiro semestre.

19 de janeiro de 2015

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Os textos são de autoria do Jornalista Sylvio Micelli. Publicação autorizada com a citação da fonte. Tecnologia do Blogger.

Labels

Funcionalismo (406) 2013 (344) Jornalismo e Nada Mais (294) Política (168) Assetj (166) Corinthians (159) Fespesp (141) 2014 (127) CNSP (110) Iamspe (89) CCM Iamspe (82) 2015 (23)